E nós, que vestimos?

Ver PDF | Ver Impressão
por: RPF Total leituras: 248 Nº de Palavras: 1084 Data: Wed, 14 Apr 2010 Hora: 11:44 AM 0 comentários

O pedido foi feito, um anel de noivado espectacular está num dos anelares da noiva, os preparativos começam, parece que o tempo nunca é suficiente para estar tudo perfeito, o stress aumenta a cada minuto que passa, os telefonemas e as visitas para escolher os fornecedores mais indicados parece não ter fim, a escolha dos padrinhos e madrinhas, a pressão de todos os familiares, os convites perfeitos e entregues a hora, as provas do vestido de noiva e o fraque que é sempre escolhido em último lugar, o dia que parece estar a chegar e quando falta tão pouco tempo vemos que nem tudo está exactamente como queremos, aí começam as confusões… as confusões de uma noiva stressada prestes a casar. É um facto que tudo o que acabei de mencionar é uma realidade, uma realidade para os noivos e para todos os que lhes são mais próximos, que ajudam nos detalhes da boda e que, acima de tudo, aturam as chatices, que crescem consoante o tempo vai avançando, dos noivos. No entanto, hoje escrevo em nome de quem vai à boda, do convidado, em particular.

 

Quando sabemos que um familiar ou um amigo, simplesmente, nos vai convidar para o seu casamento, pensamos logo que temos mais que tempo (até porque geralmente já o sabemos muitos antes da data em questão): comentários e conversas com os noivos que o dão a entender. Achamos que mais perto da data estaremos na nossa melhor forma e que, como que por milagre, um lindo vestido, uns sapatos e uma mala fenomenal nos irão cair no armário. Pois é, os convidados, seja sempre para que festa for e, especialmente, se for um casamento, também têm as suas dúvidas e os seus dilemas. Que vestir? Será que vamos bem ou estamos a exagerar? Será que estamos com um visual demasiado casual? O cabelo. Será que complementa a roupa? Sapatos altos ou baixos? Saia, vestido ou calça? Fraque ou fato? Pois sim, todas estas dúvidas podem assombrar-nos, em determinado momento, mas o que é real é que raras são as pessoas que se preocupam logo com essa situação, falo, sinceramente, por mim. Li, muito recentemente, em relação ao que vestir numa festa como esta, que as coisas nem são tão complexas assim. Primeiro que tudo, e acima de qualquer regra, está o facto de nos termos que sentir bem, vamos mais ou menos adequadas para a festa (convém não se ser muito extravagante) mas temos que nos sentir confortáveis ou então passaremos o tempo todo a olhar para os lados e a achar que todos nos olham de lado também. Seguidamente, há que ter noção de alguns aspectos:

 

- A altura em que se irá realizar o casamento. Espere que as suas lojas favoritas tenham a roupa adequada à estação, pode querer comprar com muita antecedência mas, se calhar, é melhor esperar e mesmo que já compre mais em cima da hora encontrará algo fresco ou mais quente e actual, acima de tudo;

 

- Outro ponto a ter em conta é que tipo de local foi escolhido para o casamento, se for um hotel, pousada ou uma quinta não tem problemas quanto ao calçado; se for na praia, será “suicídio” levar uns saltos altos, tem de contextualizar, pensar nos pormenores para que no dia em questão não esteja a rastejar mais do que a andar!

 

- Tem também de saber a que horas será a festa: se for um jantar, se a festa for de noite, pode ser um pouco mais extravagante (algum brilho na vestimenta, alguns acessórios mais “agressivos” mas sempre sem exagerar!); caso seja de dia, um almoço, use tecidos mais leves, pode optar por um bonito chapéu e não opte por coisas muito fora do comum, é suposto ser-se mais discreto, mais subtil.

 

- Finalmente, tem de analisar se os noivos optaram por uma festa mais simples (apenas pelo civil num espaço próprio) mais informal e, por isso, mesmo que leve um vestido simples mas bonito estará mais do que bem ou se os noivos fazem questão de realizar o casamento pela Igreja, o que, logicamente, implica que use algo mais formal, elegante e sofisticado.

 

  Em suma, deverá levar a roupa que mais gosta e na qual se sente melhor mas tendo sempre em conta que tipo de festa de casamento será. Pode ter em atenção ou até pesquisar algumas regras mas você é que tem de se sentir bem, tentado seguir as normas. Não é tão complicado assim, não se sente á espera de que a roupa ideal lhe caia em cima, procure e não desista facilmente. Pode não encontrar a roupa ideal nas primeiras 5 lojas que vá, mas, quem sabe, se naquela onde nunca entra... não estará a peça ideal para si?

 

Sobre o Autor

 

"O pedido foi feito, um anel de noivado espectacular está num dos anelares da noiva, os preparativos começam, parece que o tempo nunca é suficiente para estar tudo perfeito"... Sim, sabemos que o drama de se ser um noivo, de nos casarmos num curto espaço de tempo com tudo o que temos de organizar é complicado. Mas e os convidados? Será tudo simples para eles? Acho que não!




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment