Dicas para o seu primeiro Cruzeiro no Alasca

Ver PDF | Ver Impressão
por: nunoribeiro Total leituras: 256 Nº de Palavras: 1370 Data: Fri, 22 Oct 2010 Hora: 9:01 AM 0 comentários

Os Cruzeiros no Alasca estão entre as mais memoráveis férias de mar que pode ter, mas os preparativos para um cruzeiro no Alasca são um pouco diferentes do que aqueles que deve fazer quando se prepara para uma viagem para destinos com climas mais quentes, como as Caraíbas ou o México.

O clima é uma questão a ter em conta, mas também deve pensar num orçamento maior para excursões fora do cruzeiro que são mais dispendiosas, roupas e os perigos de viajar por via aérea. Ficam aqui alguns conselhos para tornar essa aventura mais fácil e agradável.

O clima

O clima no Alasca pode variar assustadoramente, então é melhor estar preparado para isso.  Em Ketchikan, por exemplo, a pluviosidade média anual é enorme, por isso pode contar com muita chuva, embora já se tenha navegado por lá e tido uma semana inteira de sol.  Lembre-se que no dia 21 de Junho acontece o solstício de Verão, o dia mais longo do ano no Hemisfério Norte. Como o Alasca é posicionado tão ao Norte, o sol nasce muito mais cedo e o pôr-do-sol acontece muito mais tarde do que pode imaginar.  De meados de Junho até Julho, terá muitas horas de luz do dia.  No entanto, os dias podem ser frios e chuvosos ou quentes e ensolarados.

O que vestir e o que levar

Leve consigo roupas que possa usar em camadas, incluindo camisolas de algodão e também alguns camisolões. Considero um poncho impermeável com capuz uma necessidade (que se pode dobrar de forma a ficar muito pequeno, não ocupando por isso muito espaço de bagagem).  A lista de bagagem padrão para um cruzeiro no Alasca de sete dias é composta por quatro pares de calças de algodão, dois pares de calções, cinco camisolas de algodão de manga curta, uma camisola grossa de algodão (manga comprida), um boné e um poncho impermeável para a chuva.  À noite, sugiro que mantenha uma indumentária simples, já que o Alasca é um destino muito mais casual do que os outros.  Para as noites formais, as mulheres podem fazer um bonito e elegante conjunto com uma saia ou calças pretas compridas em conjunto com túnicas, écharpes e algumas jóias, ficando assim preparada para usufruir da noite.

Outra lista de itens imprescindíveis: binóculos, protector solar, uma câmara de vídeo e/ou uma máquina fotográfica com tripé.  Deve ter consigo um bom repelente de mosquitos (esses insectos são enormes e abundantes no Alasca), que é vendido em farmácias e vai ser muitas vezes necessários durante os meses de Julho e Agosto.  Sapatos de desporto e/ou umas boas botas de caminhada são também importantes.  Não se esqueça de usar protector solar todos os dias, repetindo a aplicação várias vezes ao dia.

Excursões

Nos cruzeiros mais memoráveis todos têm uma coisa em comum: uma experiência extraordinária no porto, muitas vezes uma excursão organizada, mas não necessariamente uma excursão pela costa em um outro navio de cruzeiro.

No Alasca, a experiência mais marcante pode ser uma excursão de três horas de Juneau para Taku Lodge, que é acessível apenas por hidroavião.  Depois de voar sobre um glaciar, mareamos gentilmente em frente de uma pousada e somos saudados pela visão de ursos negros vagueando ao redor da propriedade e também pelo cheiro incrível do salmão a grelhar sobre uma grade ao ar livre. Os funcionários gentilmente afugentaram os ursos para longe mas os ursos voltam sempre.  De facto, enquanto fazíamos uma incrível refeição de salmão grelhado dentro da pousada, um urso veio até à porta de tela e roncou na nossa direcção. Você pode comprar esta excursão a partir da companhia de cruzeiros ou directamente, a partir da pequena companhia aérea que faz os serviços para a pousada.

Para ver o melhor do Alasca e tirar o melhor partido da viagem, uma excursão em terra é fundamental em quase todos os pontos de escala.  O único porto com alguma coisa para ver na cidade em si é Sitka e, mesmo lá, vai querer fazer outras coisas.  Mais uma vez, você deve esperar passeios ou excursões mais caros do que os oferecidos nos itinerários das Caraíbas. A boa notícia é que você vai encontrar todas as excursões pela costa nos sítios da Internet de todas as companhias de cruzeiros.  Em alguns casos, pode economizar algum dinheiro usando a Internet para encontrar habitantes locais que o vão levar numa viagem mais barata.  Um operador com sede em Miami, (Port Promotions) pode configurar excelentes excursões pelo Alasca a um custo mais económico.

Não perca o navio!

Se decidir organizar o seu próprio passeio ou excursão, é responsável por estar de volta ao navio até à hora marcada.  Se não fizer isso dentro do tempo previsto, o navio vai zarpar sem si. Para evitar problemas como este, deve obter o nome e as informações de contacto do agente da companhia de cruzeiros naquele porto e tê-lo consigo. Pode encontrar essa informação no guia do programa diário, entregue todas as noites na sua cabine.

Seguro de Viagem

Considero que um seguro de viagem é quase obrigatório nestes dias que correm, em parte devido aos constantes atrasos e cancelamentos de voos.  Este seguro cobre também bagagens perdidas, o cancelamento de viagens e a assistência médica.  Um seguro efectuado numa companhia de seguros não ligada directamente às companhias de navios de cruzeiros é muito mais vantajoso do que o seguro da própria companhia.  Duas das companhias de seguros altamente recomendadas são a Access America e a Travel Guard, ambas disponíveis na internet ou através do seu agente de viagens.

Estadias antes e depois dos Cruzeiros

Seattle e Vancouver são duas das cidades mais bonitas da América do Norte e vale a pena ficar lá pelo menos uma noite.  Pode utilizar a Companhia de Cruzeiros para comprar os pacotes de pré-cruzeiro e os pacotes de pós-cruzeiro em hotéis.  Mas eu recomendo que verifique os preços em sítios na Internet, incluindo os hotéis com desconto, como a Companhia Priceline, que possuiu a opção “Faça o seu próprio preço”.  Outra vantagem de chegar a Vancouver ou a Seattle um dia ou dois antes de embarcar num cruzeiro é que vai estar totalmente descansado após um longo voo – é quase como conseguir um dia extra no mar!

Sobre o Autor

Nuno Ribeiro escreve no Blog dos Cruzeiros sobre o maravilhoso mundo dos grandes cruzeiros. Aqui poderá encontrar notícias, opiniões, fotos, companhias, navios e muito mais.




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment