O que é responsabilidade civil

Ver PDF | Ver Impressão
por: sayurimatsuo Total leituras: 56 Nº de Palavras: 740 Data: Wed, 14 Aug 2013 Hora: 3:07 PM 0 comentários

direito civilEm tese, todo dano causado a outra pessoa deveria ser reparado. No entanto, como calcular o dano e a respectiva reparação?

 

O que é a responsabilidade civil?

 

Quando uma pessoa causa danosa outra, tem que reparar esse dano. Esse princípio remonta aos temos mais antigos, variando apenas a forma de julgamento e definição da responsabilidade, bem como a forma como o dano será reparado. Antigamente, algumas leis diziam que o dano seria reparado com um dano na mesma proporção e natureza feito ao culpado. Assim, se alguém feria o olho do outro, tinha seu próprio olho ferido como forma de “reparação”. Se um profissional causasse a morte do filho de alguém, o filho desse proporcional era morto como “reparação”.

No Brasil, as leis aplicam o principio da direito civil e da reparação, dentro dos princípios contemporâneos do direito. Assim, para punir uma pessoa é preciso um processo, com direito de contraditório e ampla defesa. Assim, as partes terão direito de analisar todas as fases do processo e se defenderem. Outro princípio que se aplica a esse caso é o das provas. Quem faz uma acusação tem que provar. O acusado não tem que provar que é inocente, mas sim o acusador tem que provar que o acusado é culpado. Um acusado não é obrigado a gerar provas contra si mesmo. Por isso, ninguém é obrigado a falar em um julgamento. Esses são os princípios gerais, de forma bem ampla e simples. Claro que há diversas exceções e variações em relação a isso.

Assim, a reparação do dano normalmente é feita em forma de indenização. Para definir o tamanho do dano e o tipo de reparação, um juiz dará a sentença final com base no processo. O andamento do processo e a complexidade dependem do tamanho do dano. Os juizados especiais simplificam os processos relacionados a danos menores. Quando alguém se sente lesado por uma empresa que inscreveu seu nome em listas negativas indevidamente e se contenta com uma pequena indenização, o processo corre rápido. A solução pode ser um pedido formal de desculpas, a troca de um equipamento, um pequeno valor em dinheiro.

 

Em alguns casos o dano é muito grande e nem pode ser reparado. Uma pessoa atropelada, que fica paraplégica, não pode mais trabalhar e tem sua vida social comprometida. Como reparar isso? Alguns juízes calculam quanto essa pessoa ganharia pelo resto da vida para calcular o valor financeiro. Mas isso repara o dano? Fica a dúvida para reflexão.

Sobre o Autor

Em tese, todo dano causado a outra pessoa deveria ser reparado. No entanto, como calcular o dano e a respectiva reparação?




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment