Você já foi ao ginecologista este ano?

Ver PDF | Ver Impressão
por: clinicabedmed Total leituras: 3 Nº de Palavras: 1698 Data: Mon, 30 Sep 2019 Hora: 7:51 PM 0 comentários

 

A visita anual ao ginecologista é primordial à saúde da mulher. Esse acompanhamento é capaz de detectar doenças de simples tratamento até as mais complexas, que demandam atendimento junto a outras especialidades médicas.

Exames de rotina solicitados pelo médico ginecologista são de fácil acesso, sendo os fundamentais: o Papanicolau e a ultrassonografia pélvica e das mamas.

Com esses exames laboratoriais em mãos, o médico ginecologista identifica infeções e demais disfunções que podem trazer grande prejuízo à saúde feminina.

Mais do que trabalhar na prevenção e no tratamento de doenças do órgão reprodutor feminino, a consulta com o ginecologista pode colaborar no entendimento de métodos contraceptivos.

Orientação sobre métodos contraceptivos

Com o início da vida sexual, além da mulher ter de se preocupar com a prevenção das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), o entendimento sobre os métodos contraceptivos se faz necessário.

Hoje, as alternativas disponíveis e que têm fácil acesso são:

·         Camisinha – masculina ou feminina;

·         Pílula hormonal;

·         Anel vaginal;

·         Injeção anticoncepcional;

·         Adesivo contraceptivo;

·         Dispositivo intrauterino (DIU);

·         Implante contraceptivo.

A escolha da metodologia de contracepção é feita com base na condição clínica da paciente, levando em consideração os hábitos dessa mulher.

Detecção de doenças

Exames como o Papanicolaou e as ultrassonografias são extremamente eficientes na detecção de doenças graves, como o câncer de colo de útero e o de mama, duas condições que mais tiram a vida das brasileiras.

Quando diagnosticadas de forma precoce, aumentam em 90% a chance de cura e na manutenção da qualidade de vida da paciente. O ginecologista é que fará o encaminhamento ao médico especialista caso detecte alguma das condições clínicas informadas.

Tratamento de doenças ginecológicas

A região íntima da mulher é sensível e suscetível a inflamações e infecções. Isso pode ocorrer mesmo com a correta higienização e o uso de camisinha. Logo, assim que a mulher perceber qualquer alteração em relação a sua saúde íntima, consultar-se com um ginecologista é garantia de uma resolução rápida do problema.

O corrimento vaginal, o sangramento fora do período menstrual e a disfunção do ciclo menstrual devem ser averiguadas, garantindo assim a plena saúde da mulher.

Ginecologista e o planejamento familiar

Outra função do ginecologista refere-se ao apoio do planejamento familiar. O primeiro envolve o uso de métodos preventivos de uma gravidez, a outra a colaboração quando o casal opta por aumentar a família.

O planejamento da gravidez deve ocorrer com uma antecedência mínima de três meses.  Neste período, além da realização de exames para verificação da fecundidade do casal, a mulher deve fazer o uso do ácido fólico, suplemente que colabora na formação do tubo neural do bebê.

Esse planejamento feito junto ao ginecologista prepara a mulher para as mudanças que vão ocorrer assim que receber o resultado do exame e ele for positivo.

Seguimento pré-natal

A mulher assim que descobrir a gestação — a média é que a descoberta ocorra entre a 6ª e a 8ª semana gestacional — deve dar início ao seguimento pré-natal. Essa rotina de cuidados perdura até o parto, sendo, em média, de nove meses ou até a 40ª semana gestacional.

Nessas consultas periódicas, o ginecologista obstetra solicitará exames de imagem e laboratorial para verificar o crescimento fetal e a saúde da gestante. Seguir à risca esse acompanhamento minimiza os riscos de parto pré-maturo, má formação fetal e o desenvolvimento de doenças que prejudicam a saúde da gestante, como a hipertensão e a diabetes gestacional.

Essas são as principais atribuições de um médico ginecologista. Sendo assim, a mulher tem que manter como hábito ir à uma clínica ginecológica, ao menos, uma vez no ano com o especialista.

 

Sobre o Autor

Após longos anos de estudo e dedicação, a Clínica BedMed foi montada para o atendimento exclusivo às mulheres, oferecendo uma grande diversidade de serviços, desde exames preventivos anuais até cuidados médicos complexos e tratamento cirúrgico de mulheres durante sua vida reprodutiva e após a mesma. Fornecemos suporte médico nas principais áreas da saúde em Ginecologia e Obstetrícia: Medicina Fetal, Videolaparoscopia, Reprodução Humana, Obstetrícia de Alto Risco e Ginecologia Endócrina.




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment