Prepare o seu site para ser mobile friendly e evite perder tráfego móvel!

Ver PDF | Ver Impressão
por: moreLeads pt Total leituras: 47 Nº de Palavras: 886 Data: Mon, 13 Apr 2015 Hora: 11:08 AM 0 comentários

O Google anunciou recentemente que a partir de 21 de abril de 2015, vão mudar os algoritmos para os rankings no mobile.  O Google não só vai dizer se o site é mobile-friendly, como também vai usar este fator para atribuir um ranking às páginas do site, de forma a determinar se as páginas aparecerão em melhores posicionamentos nos resultados de pesquisa.

O Google passará a reordenar os resultados de pesquisa, para dispositivos móveis, consoante se o site é mobile-friendly ou não. Atualmente mostra um pequeno aviso a dizer se determinado site é mobile-friendly ou não. Veja o exemplo.

Exemplo pesquisa mobile-friendly

Nesta pesquisa para a palavra “formal dresses”, podemos ver o aviso a fazer referência se aquela página é ou não mobile-friendly. Até agora o Google limitava-se a informar o utilizador deste facto, mas a partir de 21 de abril vai também deixar que esta informação influencie os rankings.

A razão para esta mudança nos rankings deve-se ao aparecimento dos dispositivos móveis, tais  como os smartphones, através dos quais o acesso aos sites é cada vez maior. Segundo um estudo realizado, os smartphones são um importante ponto de acesso para a pesquisa em que 46% (*estudo de Google partners 2015) das pessoas efetuam pesquisas no mesmo todos os dias.

Da experiência que retiramos dos nossos clientes, verificamos que o tráfego móvel tem aumentado significativamente. No primeiro trimestre de 2014 para o primeiro trimestre de 2015 aumentou de 12% para 25%. Mais do que uma duplicação, a continuar assim, o tráfego originado via mobile passará a ser mais de metade do tráfego em 2016.

evolução tráfego móvel 2014-2016

 

O Google refere que essas mudanças algorítmicas terão um impacto significativo nos resultados de pesquisa móvel, tendo influência em todos os idiomas do mundo inteiro. Quando o Google refere que o impacto é significativo, quer transmitir que de facto fará notar no tráfego para o site.  O objetivo desta alteração, segundo o Google, é dar aos utilizadores resultados relevantes, de alta qualidade e que estão otimizados para os seus dispositivos.

Para evitar perder rankings para as páginas do seu site e se não sabe se é mobile-friendly comece por ver se é ou não, aqui. Por outro lado também poderá aceder ao Webmaster Tools (GWT) do seu site, para ter acesso à lista completa dos problemas de usabilidade móvel.

Para que o seu site seja mobile-friendly precisa de ter algumas características em conta como:

- O tamanho da fonte adaptado ao tamanho do ecrã

- Imagens adaptadas ao tamanho do ecrã

- A largura do conteúdo adaptada ao tamanho do ecrã

- Os links não devem estar muito próximos para os utilizadores conseguirem clicar facilmente

Quanto às soluções que existem para tornar o seu website mobile-friendly, existem duas que consideramos as mais importantes. Uma opção é optar por um design de site que seja responsivo. Este tipo de designs adaptam a exibição da página, por isso pode manter mesmo URL para os diferentes tamanhos de ecrã. Um outro caminho poderá ser optar por uma versão mobile, onde neste caso é criada uma nova versão de página, num URL diferente, para o ecrã do dispositivo.

O Google recomenda que se faça uso design de sites que sejam responsivos, em vez dos outros designs de parceiros.

Tenha em atenção todos estes fatores e não deixe de adaptar o seu site para mobile. Ao seguir as recomendações do Google estará a garantir que não vai perder rankings para nenhuma página do seu site, consequentemente manterá o tráfego e talvez aumente.

Fale connosco para o ajudar-mos: http://www.moreleads.pt/consulte-nos/

Sobre o Autor

A Moreleads é uma empresa de consultoria e agenciamento que atua nas áreas do SEM (Marketing nos motores de pesquisa:  PPC e SEO),  E-commerce (comércio eletrónico) e AdSense (receitas através do Google) . Ajudamos empresas a melhorar os seus resultados no ambiente internet fazendo uso dos conhecimentos e experiência da sua equipa que é composta por profissionais, técnicos / gestores de campanha, qualificados pelo Google e contam com uma experiência acumulada de  40 anos nas áreas de Marketing e Publicidade.




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment